Descubra 10 benefícios do compliance!

Descubra 10 benefícios do compliance e aumente sua competitividade!

Descubra 10 benefícios do compliance e aumente sua competitividade!

 

Compliance vem do verbo inglês “to comply” e significa “estar em conformidade”. Sua função é estabelecer e cumprir normas e legislações envolvendo empresas, resultando em ambientes organizacionais mais íntegros e saudáveis.

Este sistema de boas políticas surgiu nos Estados Unidos e chegou ao Brasil em 1998, mas foi instituído apenas em 2013 com a criação da Lei  Anticorrupção.  Sua proposta é desenvolver um cenário de responsabilidade civil e administrativa para ações  empresariais.

Quer entender os benefícios que um programa de compliance pode trazer para o seu negócio? Então, vem com a gente!

 

Por que investir em compliance?

 

Empresas realmente competitivas estão cada vez mais preocupadas em construir governanças éticas e transparentes. Isto porque o dinheiro já não é a única moeda de troca nas transações comerciais. Hoje, confiança, segurança e responsabilidade têm tanto valor quanto o dólar.

É neste contexto que surgem os programas de compliance, para desenvolver e fortalecer culturas empresariais éticas, integras, seguras e mais atrativas.

Então, uma vez que bons princípios passaram a ser requisito fundamental no mundo dos negócios, este conjunto de normas vem favorecendo e facilitando a relação de confiança entre stakeholders, principalmente com multinacionais.

Inclusive, compliance deixou de ser visto como gasto para ser encarado como investimento. Com esta política, as empresas conseguem minimizar desvios de conduta e aumentar o seu valor de mercado. Ou seja: o compliance previne riscos, reduz custos e ainda aumenta a rentabilidade.

Segundo uma pesquisa realizada pela KPMG Auditoria a cada US$ 1 investido em compliance, empresas economizam US$ 5 em multas, processos, reversão de má imagem e perda de contratos.

Em 2017, outro estudo da KPMG, envolvendo cerca de 450 empresas brasileiras, constatou que apenas 9% delas possuíam políticas de integridade, mas 64% atestavam efeitos positivos do compliance às estratégias empresariais.

 

Quais são os benefícios?

 

O compliance cria ambientes corporativos mais seguros, confiáveis e atraentes, aumentando perspectivas comerciais e introduzindo uma série de outros benefícios. Vamos conferir todos eles?

1- Preserva a reputação e a imagem da marca. O sistema de compliance reduz o risco de que a empresa se envolva em situações irregulares e aumenta sua percepção de valor e  credibilidade no mercado;

2- Facilita novas oportunidades e contratações. Ele favorece o relacionamento com parceiros, clientes e fornecedores que também valorizam e adotam boas práticas;

3- Cria diferencial competitivo. As empresas que estão em conformidade normativa se destacam diante da concorrência;

4- Uniformiza  tomadas de decisão. Com o compliance é possível estabelecer um leque de políticas internas que guiam as ações empresariais em diversos contextos, aumentando a assertividade de suas decisões;

5- Diminui riscos e otimiza recursos. Em culturas éticas e transparentes, os processos internos e a prestação de serviços se tornam mais qualificados e seguros.

6- Protege contra cenários de crise;

7- Melhora a adaptação e capacitação de novos colaboradores;

8- Estimula boas práticas entre gestores e colaboradores, coibindo ações ilegais ou inadequadas;

9- Atesta a idoneidade corporativa, aumentado suas oportunidades e perspectivas de lucro;

10- Melhora a produtividade ao garantir o bem-estar no ambiente de trabalho.

 

Higienização de contatos e compliance, tudo a ver!

 

Com a criação, em 2017, da Nova Plataforma de Cobrança da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), o sistema de liquidação e compensação para boletos bancários passou por algumas mudanças e ajustes. Entre elas, a exigência de compatibilidade entre os dados apresentados no boleto e os cadastrados na plataforma.  Assim, boletos com informações incorretas, divergentes ou defasadas, como o endereço, por exemplo, perdem a legitimidade. Ou seja, ao emitir um boleto com dados incompatíveis, você desvalida a operação e não recebe autorização legal para a efetivação do pagamento.

Quer mais segurança em seu processo de cobrança, reduzindo riscos e criando um sistema de compliance inteligente e eficaz, abastecido pelas informações mais atualizadas do mercado brasileiro?

Conheça o Empresômetro Digital ou consulte um dos nossos especialistas!