Panorama empresarial: Sudeste

Panorama empresarial: Sudeste

A região Sudeste do Brasil, é a segunda menor em extensão territorial do país, com uma área de  924.511,3 km², o que equivale a 10,9% do território nacional.

O Sudeste é banhado pelo oceano Atlântico e faz divisa com as regiões Centro-Oeste, Nordeste e Sul do país. 

Apesar de ser uma das menores regiões brasileiras em termos de área territorial, é a mais populosa: de acordo com o último censo realizado pelo IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, sua população estimada é de 80.364.410 milhões de habitantes – esse total corresponde a 42,2% da população nacional.

Seus estados são: Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.

Atualmente, existem mais de 10 milhões  de negócios ativos no Sudeste.

Entenda como esses negócios se comportam pelos 4 estados da região em uma análise sobre suas áreas totais, populações estimadas e quantidades de empresas em atividade:

 

 

Uma questão de porte

Ao analisarmos as empresas do Sudeste por porte, a maioria esmagadora é de microempreendedores individuais, com mais de 4,9 milhões de negócios em atividade.

São mais de 4 milhões de empresas de pequeno porte, aproximadamente 91 mil de porte médio, cerca de 72 mil grandes empresas e apenas 3 mil microempresas presentes na região. 

 

Setores e CNAEs da região Sudeste

O setor de serviços é o que mantém a maior concentração de negócios ativos na região,  com aproximadamente 5,6 milhões. O comércio soma pouco mais de 2,8 milhões de empresas em atividade.

O agronegócio ocupa a terceira posição, com mais de 742 mil negócios. O setor de indústrias contabiliza pouco mais de de 669 mil e o setor financeiro pouco mais de 121 mil. O setor de serviços públicos é o que tem menos negócios ativos na região, com aproximadamente 17 mil

Ao avaliarmos o comportamento dos negócios da região em termos de subclasse, de acordo com a classificação da CONCLA (Comissão Nacional de Classificação) do IBGE, o CNAE mais presente na região é o de comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios, com mais de 495 mil negócios ativos.

Em segundo lugar está o CNAE de cabeleireiros, com aproximadamente 428 mil estabelecimentos. O terceiro lugar deste ranking fica por conta das lanchonetes, casas de chá, de sucos e similares, que respondem pelo mesmo CNAE e concentram cerca 244 mil empresas ativas.

O quarto lugar é dos negócios voltados para obras de alvenaria, com mais de 232 mil. E em quinto lugar está o CNAE de promoção de vendas que soma cerca de 168 mil negócios.

A segunda maior região brasileira em termos de população, o Sudeste, é um vasto paraíso empresarial e pode se tornar a sua próxima área de investimento.

 

 

Esse é o tipo de inteligência que o Empresômetro entrega para o seu negócio. 

 

 
Conheça a melhor versão da sua empresa, venha para o Empresômetro.