Quer empreender em 2018? Confira nossas dicas de empreendedorismo

Cada vez mais nós estamos ouvindo o assunto “empreendedorismo” na boca de muitos brasileiros. Como já citamos neste post do nosso blog, quatro em cada dez brasileiros adultos já tem uma empresa ou estão envolvidos na criação de uma. Nós, do Empresômetro, incentivamos o empreendedorismo e acreditamos em iniciativas para tirar o nosso país da crise (e como exemplo até podemos citar o projeto #CONTRATE1DESEMPREGAD@, do qual somos apoiadores). Para isso, separamos algumas dicas de negócios que estão em alta para ajudar a todos que estão pensando em empreender em 2018, incentivando assim o empreendedorismo brasileiro.

1. ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL E PRODUTOS ORGÂNICOS

O mercado de alimentação saudável e produtos orgânicos vem crescendo muito nos últimos anos. É visível o crescimento de pautas como alimentação vegana, cruelty-free (produtos que não foram testados em animais), intolerância a glúten e a lactose, entre outros. Isso abre um novo mercado, com um público-alvo mais seleto e que não se importa em pagar um pouco mais por uma alimentação diferenciada e mais saudável. Segundo estudos, na geração dos millennials (nome dado aos indivíduos da geração Y, nascidos entre os anos 80 e 2000) 81% viam como mais provável gastar o seu dinheiro em viagens, 65% em refeições e 55% em fitness. Isso nos mostra que os jovens consumidores se preocupam em gastar seu dinheiro com alimentação e uma vida fitness.

2. REAPROVEITAMENTO E CONSUMO CONSCIENTE

Outra característica dos novos consumidores é a tendência ao reaproveitamento. Com isso, brechós e conserto de roupas e eletrônicos são negócios que continuam em alta. Isso se dá ao fato de que essa geração se preocupa com um tipo de consumo mais consciente. Essa pode ser uma ótima ideia para quem deseja abrir o próprio negócio, pois há possibilidade até de se abrir um negócio online, como no caso do brechó por exemplo.

3. COWORKING

O aumento do desemprego e da possibilidade de se trabalhar remotamente fez com que a procura por coworkings crescesse nos últimos anos. Esses espaços permitem que profissionais liberais exerçam suas funções em um espaço confortável com uma estrutura de trabalho a um custo menor.

4. DESENVOLVIMENTO DE APLICATIVOS E INFOPRODUTOS

A expectativa é de que o desenvolvimento de aplicativos e de soluções digitais só cresçam nos próximos anos. Atualmente os aplicativos já simplificam nossas vidas: desde prestação de serviços até aplicativos para uso pessoal, que ajudam a controlar e organizar nossa rotina. A tendência é que essa quantidade de serviços via aplicativos só aumente; não se sabe até onde vai, mas sabemos que vai longe. Já no ramo de soluções digitais, já observamos empresas oferecendo guias digitais, cursos online, venda de conteúdo em formato de vídeo, webinar e e-books sobre variados assuntos. Esse tipo de produto faz sucesso pois as pessoas estão cada vez mais procurando soluções para seus problemas no mundo digital. A dica aqui é pensar sempre nas necessidades do seu público-alvo, pois ali moram as maiores oportunidades de negócio.