Entenda mais sobre o perfil de empresas MEI.

Muitas pessoas estão deixando de procurar cargos em grandes empresas para empreender e investir no seu próprio negócio. As opções são infinitas – desde serviços no ramo alimentício até no setor de vestuário. Segundo a pesquisa GEM (Global Entrepreneurship Monitor), patrocinada pelo Sebrae no Brasil, quatro em cada dez brasileiros adultos já tem uma empresa ou estão envolvidos na criação de uma. Isso significa que, em 2015, 52 milhões de brasileiros com idade entre 18 a 64 anos estavam envolvidos na criação de um novo negócio. A pesquisa completa você pode conferir aqui. Apesar desses dados só crescerem a cada ano, muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre como regularizar o seu negócio, emitir nota fiscal e outros processos importantes para iniciar seu negócio.

MAS AFINAL DE CONTAS, O QUE É MEI?

A sigla MEI significa Microempreendedor Individual e é um programa criado em 2009 para regularizar e formalizar trabalhadores individuais, ou seja, que dependem da renda do seu próprio negócio. Com o MEI, a pessoa se enquadra no Simples Nacional, obtém um registro no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ) e emissão de nota fiscal. Além disso, o microempreendedor tem acesso a benefícios, como por exemplo, auxílio maternidade, doença, aposentadoria, entre outro.

QUEM PODE TER UM MEI?

Empreendedores individuais que possuem faturamento de até R$ 60mil, não tem sócios nem é sócio de outra empresa, e sua atividade deve estar dentro do programa, como você conferir neste link. Lembrando também que um MEI só pode contratar até UM funcionário, pelo salário mínimo da categoria.

E OS VALORES?

Para ser um MEI, o empreendedor precisa pagar os seguintes valores:

  • INSS a 5% do salário mínimo;
  • ICMS à R$1 sem alterações (Comercio e Indústria);
  • ISS à R$ 5 sem alterações (Prestação de Serviços).

Além disso, não é necessário pagar tributos federais, tais como IRPJ, PIS, Cofins, IPI e CSLL. Um MEI também precisa declarar imposto e renda, não como pessoa jurídica e sim como pessoa física caso tenha rendimento maior que R$1.903,98. Neste caso, as porcentagens são predefinidas de acordo com sua atividade, sendo assim:

  • 8% para Indústria e Comércio;
  • 16% para Transporte de Passageiro;
  • 32% para serviços.

 

MEI NO MERCADO B2B:

Você sabia que esse segmento de empresas pode ser um ótimo perfil para oferecer certos serviços?

São geralmente empresas que estão começando e precisam se estruturar tecnicamente. Então se você atua no segmento de tecnologia, pode ser um ótimo nicho a se explorar. Telefonia também costuma ter sucesso com esse nicho.

O mais interessante de atuar e oferecer os serviços para esse perfil de empresa, é que a chegada ao tomador de decisão é mais rápido. Ou seja, você evita os famosos gate keepers (secretárias, gerentes e assistentes).

Aproveite que você sabe tudo desse perfil e acesse o Empresômetro Listas, coloque o filtro de MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL no campo porte, e adquira uma relação de empresas para você alavancar seus negócios!